inícionoticiasBrasileiros dão show no octógono do AFC2.

01/04/2012

Brasileiros dão show no octógono do AFC2.

Os lutadores brasileiros dominaram as vitórias no Amazon Forest Combat 2, na arena Amadeu Teixeira. Ao todo, ganharam seis das nove disputas contra atletas de outros países. O evento ganhou repercussão mundial com a transmissão, ao vivo, para todo o Brasil realizada pela RedeTV.

No card preliminar, Fernandinho Vieira nocauteou Pablo Javier em apenas 3m22s, ainda no 1º round. A segunda luta foi marcada pela vitória por pontos, em todos os rounds, do amazonense Rivaldo Junior contra Marcelo Rojo. O argentino Emiliano Sordi fez sucesso na terceira disputa, nocauteando Fabiano Capoane aos 2m27s do 2º round.
 
Na última batalha do card preliminar, teve vitória por finalização de Dileno Lopes em cima do argentino Javier Ocampo, em menos de dois minutos do 1º round. Dileno, que é do município de Manacapuru, localizado no interior do Amazonas, foi ovacionado pelo público. Ao final, dedicou à luta a sua avó que estava na arena prestigiando o evento.

Card principal

O amazonense Ronnys Torres promoveu um espetáculo à parte ao entrar no octógono ao som de uma música evangélica, que exaltava a sua aliança com Deus. Foi a primeira rixa do card principal e também a mais rápida de todas. Em apenas 22 segundos, Torres nocauteou Ferrid Khederk e, fez a plateia se levantar das arquibancadas, com muita gritaria e aplausos.

Já Daniel Acácio e o americano Pete Spratt disputaram todos os rounds com muita técnica e sem muita movimentação no octógono, o que gerou vaias do público. Mas no último minuto Pete surpreendeu com um dos momentos mais emocionante do AFC, encaixando um soco giratório em Daniel Acácio levando à lona. Acácio ficou desmaiado alguns minutos e precisou ser atendido por médicos.
 
A sétima luta também foi pontuada pela derrota de um brasileiro, Gustavo Ximú que foi nocauteado pelo canadense Patrick Cote aos 2m44s do 1º round. Com o apoio da torcida de Manaus, que fez coro para incentivar a vitória, o lutador Thales Leite ganhou do americano Matt Horwick no primeiro round. Foi a revanche de Thales, que perdeu para Matt há dois anos no UFC.

A principal luta do AFC também foi uma revanche, com vitória para o responsável pelo Brazilian Top Team (BTT), Murilo Bustamante, que venceu Dave Menne. Essa é a segunda vez que Bustamante ganha do americano. A primeira aconteceu há dez em uma luta do UFC. 

Além da escolha dos lutadores, o Amazon Forest Combat também se destacou pela estrutura que foi montada na arena e pela as Rings Girls. Entre elas, as ex-panicats Nicole Bahls e Aryane Steinkopf, e Larissa Riquelme, capa da revista Sexy. Também havia muitos convidados especiais como os lutadores Lyoto Machida e Toquinho, famosos no UFC.