inícionoticiasBaile do Hawaii: a tradição do Carnaval já tem data para rolar!

24/01/2012

Baile do Hawaii: a tradição do Carnaval já tem data para rolar!

Está chegando a hora de tirar as roupas floridas do armário para curtir a 31ª edição do aclamado Baile do Hawaii! A promessa de casa lotada se renova por mais um ano, já que a atração nacional que vai agitar a área da Piscina Vitória Régia, no Tropical Hotel, na noite de 11 de fevereiro, é a percussão nervosa do Monobloco! O baile de carnaval mais tradicional de Manaus também vai contar com Ases do Pagode e bateria show da Mocidade Independente de Aparecida!

O Baile do Hawaii é uma das festas com maior tradição entre os foliões do Amazonas, atravessando gerações e reunindo um público de idades variadas na piscina do Tropical. Uma das principais características é que o Baile segue sua tradição e embala os foliões ao som de marchinhas de carnaval, com direito à confete e serpentina! Quem espera o ano inteiro para colocar o colar havaiano e cair na folia, já pode entrar em contagem regressiva!

Ingressos

Estão à venda ingressos de pista, Área Vip, camarotes e mesas. Os ingressos de pista custam R$80 enquanto a Área Vip está disponível por R$120, com direito à serviços de massoterapia, internet e salão de beleza.

Para quem prefere ficar na mesa, estão disponíveis mesas com 04 lugares, custando R$150 por pessoa. As mesas são vendidas "fechadas", no valor total, pontos de venda:


* Stand do Tropical Hotel - Ingressos de Pista, Vip e Mesas.
* Sandálias & Tal (Am. Shopping) - Ingressos de Pista, Vip e Mesas.
* Sandálias & Tal (Manauara) - Ingressos de Pista e Vip.
* Granada Beach (Manauara e Am. Shopping) - Ingressos de Pista e Vip.

Para informações o número é (92) 3088-0000 e para reservar mesas e camarotes, basta ligar para (92) 2123-5164. 

Ao ar livre!

Vale ressaltar que o evento será realizado na Piscina Vitória Régia do Hotel Tropical. Portanto, maior parte do evento não terá cobertura, apenas a Área Vip e os camarotes. "As pessoas questionam sobre a possibilidade de chuva. Isso é algo que não temos como controlar. Chovendo ou não, o baile vai acontecer!", destaca o diretor executivo da M1 Eventos, Marcelo Alex e continua: “Uma festa como essa não poderia acontecer dentro de um salão de festas”.